RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: The Deviant Chord (Jag Panzer)

The Deviant Chord (Jag Panzer)
(2017, Steamhammer/SPV)
[5.7/6]

The Deviant Chord é o primeiro álbum daquela que já é a terceira vida (segunda reencarnação, portanto) dos Jag Panzer. Uma luta ou uma teimosia que tem levado Mark Briody a ir construíndo, a espaços, a história da banda. Depois do regresso em 2013 a banda esteve a trabalhar neste conjunto de 10 temas e neles mantém a sua marca registada. Bem, o regresso de Joey Tafolla para a guitarra (primeira aparição na abanda desde o álbum The Fourth Judgement de 1997) faz com que os solos estejam numa onda mais shred, mas, de uma maneira geral, o duplo bombo está lá, os vocais atiçados também, o trabalho de baixo e a guitarra melódica também marcam presença, mais ou menos próximo da forma que os conhecemos – ali num limbo entre o poder do metal norte-americano e a teatralidade neoclássica. Em suma, The Deviant Chord é um manifesto de puro metal logo a abrir com o speed de Born Of The Flame e Far Beyond All Fear, mas continua, álbum fora, com a balada Long Awaited Kiss, as melodias singalong de Divine Intervention e Dare e a folk Foggy Dew (balada irlandesa de lamentação). O restante cenário completa-se com cavalgadas maidenianas, coros épicos e solos que se soltam de forma magistral.  Mesmo que não seja este o melhor trabalho dos Jag Panzer, é bom te-los de volta. Afinal, são uma das lendas maiores do power metal feito nas terras do Tio Sam.

Tracklist:
1. Born Of The Flame
2. Far Beyond All Fear
3. The Deviant Chord
4. Blacklist
5. Foggy Dew
6. Divine Intervention
7. Long Awaited Kiss
8. Salacious Behavior
9. Fire Of Our Spirit
10. Dare

Line-up:
Harry Conklin – vocais
Mark Briody – guitarras
Joey Tafolla – guitarras
John Tetley – baixo
Rikard Stjernquist – bateria

Internet:
Facebook    
Website    
Myspace   
Twitter   
Youtube    

Edição: Steamhammer/SPV    

Comentários