RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: United (Harem Scarem)

United (Harem Scarem)
(2017, Frontiers Records)
(6.0/6)

Os Harem Scarem estão de volta com o seu 14º álbum intitulado United. Depois de uma longa carreira preenchida de sucessos, os canadianos estão cada vez mais unidos entre si. Prova disso é, após 30 anos de carreira, manterem ainda 90% da formação original. A banda de Toronto continua a manter a aposta na Frontiers, que lhe gravou os três últimos álbuns e percebe-se porquê ao ouvi-lo. É que United é mesmo um álbum à Frontiers, isto porque é consistente, mas não exuberante, mostra experiência e mestria sem nunca baixar em termos qualitativos. Mas o trabalho mais notório é o de Pete Lesperance que deixa o ouvinte completamente maravilhado com os seus solos e melodias. O outro ponto alto é a nível vocal, mais concretamente os corais. Não há tema em que não apareçam os coros: dos mais poderosos aos mais calmos, os coros, não épicos, são introduzidos sempre na altura certa, embelezando o momento. O certo é que United é um álbum de mestre, visível em todos os aspetos já referidos e ainda na caraterística de saber variar quando necessário. Evidência disso é a passagem pelo country em Indestructible, ou por influências U2 em One Of Life’s Mysteries. Ainda, Bite The Bullet que acaba por ser o tema mais básico, muito graças ao lado comercial aí imprimido. Ou seja, os Harem Scarem mostram que continuam em forma e unidos para fazer boa música.

Tracklist:
1.      United
2.      Here Today Gone Tomorrow
3.      Gravity
4.      Sinking Ship
5.      One Of Life’s Mysteries
6.      No Regrets
7.      Bite TheBullet
8.      Thins I Know
9.      Sky Is Falling
10.  Heaven And Earth
11.  Indestructible
CROSS-EYED JESUS
Line-up:
Harry Hess – vocais
Pete Lesperance – guitarras
Creighton Doane – bateria
Darren Smith – backup vocals
Stan Miczek – baixo

Convidados:
Jeff Scott Soto, Jeff Dalziel, Pete Newdeck, Alessandro Del Vecchio

Internet:
Website   
Facebook   
Twitter   
Myspace   

Edição: Frontiers Records     

Comentários