RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Resolve (MindMaze)

Resove (MindMaze)
(2017, Inner Wound Recordings)
(5.4/6)

A banda dos irmãos Teets está de regresso com o seu terceiro álbum intitulado Resolve, segundo para a sueca Inner Wound Recordings e primeiro a ter uma abordagem conceptual. Mantendo as linhas mestras do seu álbum anterior, Back From The Edge, lançado há três anos, os MindMaze surgem com uma formação renovada, com o regresso do baixista Rich Pasqualone e a entrada de um novo baterista, Mark Bennett. Como referimos, as caraterísticas do coletivo americano mantém-se intactas, produzindo um disco longo onde o power metal, o metal sinfónico e o prog metal dividem o protagonismo. Aliás, depois de uma excelente introdução instrumental, Reverie, Fight The Future é um dos temas que melhor representa essa união de estilos, sendo também um dos temas mais fortes do disco. Ao terceiro, somos surpreendidos por um interlúdio acústico que recria muita da magia dos Symphony X, principalmente nesse icónico álbum que é o V – The New Mithology Suite. Alias, a referência à banda de Mike LePond não é de estranhar – já havia acontecido isso no álbum anterior onde até o próprio baixista colaborou. Agora LePond já lá não está com o regresso de Pasqualone, como vimos, mas o trabalho de baixo continua a ser uma das traves mestras da composição dos MindMaze, inclusive com a execução de solos em Sign Of Life. Voltando a Resolve, Drown Me mostra quanto a banda consegue ser criativa na execução de variações com sentido – sim, bem ao jeito de Symphony X! Sign Of Life, tema mais direto, menos prog e mais obscuro, antecede Abandon, um tema rápido e cheio de power com laivos de modern metal. Uma aproximação que até acaba por acontecer um pouco por todo o disco. Já que falamos de tema poderoso, uma referência para Shattered Self, um momento raro na música dos MindMaze, pela sua abordagem verdadeiramente demolidora, ao qual se contrapõe, logo a seguir a enorme musicalidade do uso da guitarra acústica em Release. O álbum termina com um longo tema de 11 minutos, The Path To Perserverance, numa forma de resumir a matéria anteriormente dada. Equilibrado, por vezes arriscado, polivalente, com criatividade e executantes de eleição, este Resolve agradará a muitos fãs de vários quadrantes. 

Tracklist:
01. Reverie (Instrumental)
02. Fight The Future
03. In This Void (Instrumental)
04. Drown Me
05. Sign Of Life
06. Abandon
07. Sanity's Collapse (Instrumental)
08. One More Moment
09. Twisted Dream
10. True Reflection
11. Shattered Self
12. Release
13. The Path To Perseverance

Line-up:
Sarah Teets – vocais
Jeff Teets – guitarras, teclados
Mark Bennett – bateria
Rich Pasqualone – baixo

Internet:
Website    
Facebook   
Instagram   
Twitter   
Bandcamp   

Edição: Inner Wound Recordings     

Comentários