RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Big Rocks (Krokus)

Big Rocks (Krokus)
(2017, Century Media)
(6.0/6)

Não há nada mais poderoso que uma canção forte. Quem diz isto são os Krokus no livreto do seu novo álbum Big Rocks, um disco que presta homenagem aos nomes que de alguma forma os influenciaram. Nenhuma outra banda de rock Suíça teve tanto sucesso e vendeu tantos discos como os Krokus – para cima de 15 milhões, tours mundiais, discos de ouro e platina nos EUA e Canadá. Os Krokus nasceram na idade dourada do rock ‘n’ roll, na linhagem de grande artistas e canções. Canções que eram boas no passado, são boas agora e sê-lo-ão para sempre. Como se prova neste Big Rocks onde recuperam com o seu estilo temas e bandas memoráveis do rock – de Black Sabbath a Bob Dylan, de Queen a The Animals, de The Who a Neil Young, de Led Zeppelin a Rolling Stones. E este disco fantástico que recupera temas icónicos, como Tie Your Mother Down, Wild Thing, The House Of Ridising Sun, Rockin’ In Free World, Whola Lotta Love, Born To Be Wild ou Quinn The Eskimo, fecha de forma brilhante com uma canção inédita – Backset Rock ‘n’ Roll - a mostrar esta veterana banda numa forma soberba num tema ao seu melhor nível, mantendo as suas referências AC/DC. Para já uma forma de aguçar o apetite para o próximo disco de originais.

Tracklist:
1.  N.I.B.
2.  Tie Your Mother Down
3.  My Generation
4.  Wild Thing
5.  The House Of The Rising Sun
6.  Rockin’ In The Free World
7.  Gimme Some Lovin’
8.  Whole Lotta Love
9.  Summertime Blues
10.  Born To Be Wild
11.  Quinn The Eskimo
12.  Jumpin’ Jack Flash
13.  Backseat Rock N’ Roll

Line-up:
Marc Storace - vocais
Chris von Rohr - baixo
Fernando von Arb – guitarras 
Mark Kohler - guitarras
Mandy Meyer - guitarras
Flavio Mezzodi- bateria

Internet:
Website   
Facebook   

Edição: Century Media   

Comentários