RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Flash-Review: Até Pensei Que Fosse Minha (António Zambujo)

Álbum: Até Pensei Que Fosse Minha
Artista: António Zambujo    
Editora: Universal Music   
Ano: 2016
Origem: Portugal
Género: MPB, Jazz, Samba, Cantautor
Classificação: 5.6/6
Breve descrição: Nome importante do cancioneiro nacional António Zambujo resolveu arriscar prestar uma homenagem a um dos seus maiores ídolos e surge Até Pensei Que Fosses Minha, disco que apresenta 16 versões de temas imortalizados pelo grande cantor brasileiro que é Chico Buarque, numa interpretação muito própria de Zambujo. O resultado é muito bom, com os ritmos de samba, jazz brasileiro e MPB a cruzarem-se com alguma portugalidade. E é uma forma diferente de os fãs do cantor brasileiro analisarem os seus imortais temas.
Highlights: Injuriado, Geni e o Zepelim, Sem Fantasia, Cálice, Tanto Mar, Valsinha
Para fãs de: Chico Buarque, Caetano Veloso, Adriano Correia de Oliveira, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Tom Jobim

Tracklist:
1.      Futuros Amantes
2.      Injuriado
3.      Cecília
4.      Geni e o Zepelim
5.      Sem Fantasia
6.      Folhetim
7.      Cálice
8.      Joana Francesa
9.      Até Pensei
10.  Janudria
11.  João e Maria
12.  O Meu Amor
13.  Morena dos Olhos D’Água
14.  Nina
15.  Tanto Mar
16.  Valsinha

Line-up:
António Zambujo – vozes
Marcello Gonçalves – violão de 7 cordas
Ricardo Cruz – contrabaixo
João Moreira – trompete
Bernardo Couto – guitarra portuguesa
André Conde – trombone
José Conde – clarinete
Paulino Dias – percussão
Anat Cohen – clarinete
Ronaldo do Bandolim – bandolim
Zé Paulo Becker – violão
Ricardo Silveira – guitarra elétrica
Marcelo Caldi – acordeão
Sérgio Valdeos – violão

Convidados:
Roberta Sá, Chico Buarque, Carminho - vozes

Comentários