RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Limbo (Derdian)

Limbo (Derdian)
(2013, Independente)
(6.0/6)
Agora que os Rhapsody (com ou sem Of Fire) baixaram definitivamente as espadas já há quem se apresente com todas as credencias para lhes tomar o lugar. Curiosamente também são italianos e depois de várias experiências com editoras (Steelheart e Magna Carta) estão de regresso em formato independente. Falamos dos milaneses Derdian e do seu quarto trabalho Limbo. Deixando para trás os trabalhos conceptuais (como havia acontecido na trilogia New Era) e estreando um novo vocalista, Ivan Giannini, Limbo é um trabalho a todos os níveis portentoso. Claramente situado no power metal de origem sinfónica eleva-se ao patamar dos melhores momentos dos seus compatriotas Rhapsody (Of Fire), principalmente da época Symphony Of The Enchanted Lands/Dawn Of Victory/Power Of The Dragonflame e ultrapassa-os mesmo quando comparados com a parte final da carreira da banda de Luca Turilli. Sendo que a comparação é ambiciosa, não é menos verdade que os Derdian produziram, com Limbo, um trabalho quase perfeito, na sua forma de cruzar velocidade estonteante, melodias memoráveis, hinos épicos, ritmos devastadores e elementos progressivos e neoclássicos. A curta abertura, Carpe Diem situa perfeitamente o ouvinte ao introduzir um coral majestoso, elementos sinfónicos, power metal melódico e velocidade. Abertas as hostilidades, os transalpinos partem para mais de uma hora de uma cabal demonstração de como fazer power metal de inegável classe sem ter necessariamente de parecer ultrapassado. Há em Limbo melodias e hinos verdadeiramente deliciosos, daqueles que se pegam ao ouvido e nos obrigam a cantar durante o resto do dia; há em Limbo, poderosos riffs de guitarra com uma força e energia assombrosa; há em Limbo, uma secção rítmica por vezes devastadora, outras vezes mais compassada e plena de groove. E como se isso não bastasse, a banda injeta elementos progressivos e até étnicos, aqui e acolá e ainda consegue ser estranhamente agressiva com vocais death metal. Uma forma de fazer da audição de Limbo uma viagem alucinante pelo mundo da velocidade e da melodia sem qualquer tipo de saturação.
Tracklist:
1.      Carpe Diem
2.      Dragon Life
3.      Forever In The Dark
4.      Heal My Soul
5.      Light Of Hate
6.      Terror
7.      Limbo
8.      Kingdom Of Your Heart
9.      Strange Journey
10.  Hymn Of Liberty
11.  Silent Hope
Line-Up:
Ivan Giannini: vocais
Marco Garau: teclados
Enrico Pistolese: guitarra ritmo
Dario Radaelli: guitarra solo
Salvatore Giordano: bateria
Luciano Severgnini: baixo
Internet:

Comentários

Enviar um comentário