segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Review: Return To Zero (Spiritual Beggars)

Return To Zero (Spiritual Beggars)
(2010, InsideOut)

Cinco anos após Demons, os Spiritual Beggars estão de regresso com mais uma obra emblemática de hard rock clássico, a sua sétima em formato longa duração – Return To Zero. O porque de um tão grande hiato até se percebe: todos os cinco elementos fazem parte dos mais importantes colectivos gregos e suecos da actualidade (Arch Enemy, Firebird, Opeth, Witchery, Firewind) e por isso as suas agendas devem ser mais que preenchidas. A questão que se coloca é que motivação terão estes cinco elementos que provaram tudo nos seus grupos de origem, para este projecto? A resposta é muito simples e é dada pelo título do álbum: Return To Zero. Quer isto dizer, regresso ao nada, à origens… isto porque o que esta obra dos suecos nos propõe são 11 temas de puro e verdadeiro hard rock clássico na linha de nomes como Rainbow, Deep Purple, Black Sabbath ou mesmo, numa toada mais sulista, Lynyrd Skynyrd. E isso é muito importante. Porque foi com estes nomes (e alguns outros, obviamente) que tudo nasceu e é fundamental que a nova geração perceba que há um passado brilhante por trás de todos os nomes recentes, por mais extremos que sejam. No fundo não se trata de copiar o passado, mas sim de o homenagear, mantendo vivo todo o legado hard rock e sendo capaz de o projectar no presente e futuro através de toda a inegável qualidade desse género. E em Return To Zero, os Spiritual Beggars criam mais uma obra genial e intemporal e que, seguramente, não envergonhará os seus antepassados. Fruto da qualidade e da experiência de todos os elementos só se esperaria mesmo um resultado assim. A banda sabe o que faz, como o faz e quando o deve fazer e denota uma atitude, uma capacidade de desafiar fronteiras e uma inteligência que, afinal de contas, nem deverá surpreender ninguém. Isso resulta num trabalho extremamente dinâmico e versátil capaz de cruzar a energia do rock dos anos 70 com um rock mais clássico mas sempre atingindo elevados níveis de execução. Apollo Papatanhasio (dos Firewind) estreia-se aqui como vocalista e passa com distinção, sendo ele também capaz de, ao nível vocal, imprimir todo aquele sentimento retro que se exige, conseguindo soar quer como Dio quer como David Coverdale e adicionando um ligeiro travo bluesy que ajuda a elevar os temas de Return To Zero a outro patamar de emoção e sentimento.

Track List:
1. Return To Zero [Intro]
2. Lost In Yesterday
3. Star Born
4. The Chaos Of Rebirth
5. We Are Free
6. Spirit Of The Wind
7. Coming Home
8. Concrete Horizon
9. A New Dawn Rising
10. Believe In Me
11. Dead Weight
12. The Road Less Travelled

Line up:
Michael Amott (guitarras), Ludwig Witt (bateria), Per Wiberg (teclados), Sharlee D’Angelo (baixo), Apollo Papathanasio (vocais)

Internet:
www.myspace.com/spiritualbeggars
http://twitter.com/Spiritual_B

Edição:
InsideOut

Sem comentários: