RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Entrevista com Us & Them

Oriundos de Vila Nova de Gaia, os Us & Them são um colectivo emergente no actual panorama hardrockeiro nacional. Highway 19, o EP que se encontra para descarga gratuita no seu myspace mostra-nos um colectivo pleno de energia e vontade de rockar. Por isso, motivos mais que suficientes para querermos saber mais sobre este quarteto na conversa que tivemos com o guitarrista Ricardo.

Antes de mais, quem são os Us e os Them?
Os Us somos nós e toda a família Us & Them. São quatro pessoas unidas pela amizade e pela música e são inúmeros amigos e familiares que acreditam em nós. Os Them, são vocês. São todos aqueles para quem mostramos o nosso trabalho e com quem queremos partilhar todo o nosso entusiasmo e paixão pela música.

Apenas quatro anos de existência mas já algumas publicações, algumas delas captadas ao vivo. Tem sido muito trabalho e dedicação?
Sim. Dedicação é sinónimo de muito esforço, que ao mesmo tempo nos traz diversão e um maior aproveitamento da vida. Quer sejam concertos em bares, concertos em festivais ou concursos, todos eles servem para divulgar a nossa música, independentemente do número de pessoas presente, do
resultado do concurso ou da distância dos mesmos.

Porque a edição de um trabalho em estúdio com dois temas ao vivo e um outro, quase em simultâneo, ao vivo?
Quando a nossa primeira gravação de estúdio estava prestes a terminar, recebemos e ouvimos a gravação duma nossa prestação ao vivo e logo reparamos que era impossível numa simples gravação de estúdio, colocar toda a energia e atitude que tentamos mostrar sempre em palco, apesar da qualidade da captação. Optamos então por gravar apenas quatro temas de estúdio e colocar no EP, dois temas gravados ao vivo, para pudermos mostrar às pessoas que uma prestação em palco ultrapassa sempre qualquer limite artístico imposto em estúdio. Daí também termos disponibilizado a nossa prestação ao vivo num concurso, porque certamente mostra o nosso trabalho visto de um outro ângulo.

E os dois temas ao vivo deste EP foram captados onde?
IV Festival Gaia em Peso
em Outubro de 2009. Todas as bandas tiveram a sua prestação no evento captada e gravada. É um evento realizado pela True Spirit’s Alive! Pessoas com bastante gosto pela música e que se esforçam bastante por realizarem todos os anos este evento como outros eventos e concursos sem qualquer apoio de entidades culturais. É algo que entristece não só a nós, mas a qualquer banda de garagem, quando vemos pessoas que se empenham bastante neste tipo de eventos e não recebem qualquer ajuda.

E
que objectivos pretendem os Us & Them atingir com este EP?
Divulgar! Dar todos os passos que uma banda possa dar, desde gravar o maior número de álbuns possível, como tocar em qualquer palco nacional e internacional, como participar em qualquer tipo de evento, etc. Basicamente, tudo o que qualquer banda quer.

Vocês estiveram envolvidos no EuroDemo. Em que consistiu e como correu?
Ainda decorre. É um concurso não só de música mas também de vídeo e imagem. Tem várias fazes: pré-selecção, votação do público, selecção por parte do júri das bandas mais votadas e depois uma grande final. Honestamente, é mais uma forma de divulgarmos o projecto, mas se correr bem e chegarmos longe, melhor!

Também recentemente concorreram ao Dolce Vita Bandcasting. Como estão a decorrer as coisas?
Finalistas!!! Ganhámos a final do Dolce Vita Douro em Vila Real. Ainda pode ser salva uma banda por votação do público para a grande final no Tejo, mas fomos os escolhidos do júri. Apesar de sermos finalistas, só os comentários do júri nas nossas 3 prestações foram de deixar qualquer banda bastante satisfeita. E apesar de ser um concurso em que já somos finalistas, independentemente do resultado, já foi óptimo obter uma opinião bastante positiva de artistas, promotores e produtores bastante conceituados.

Como vêm vocês este tipo de concursos?
São bastante importantes para qualquer banda que queira fazer carreira na música. Divulgação, aprendizagem, camaradagem, diversão, conhecimento, etc. Só se ganham boas coisas, qualquer que seja o resultado.

Em termos de espectáculos vão estar na Festa do Avante. Acredito que estejam ansiosos pela data desse concerto! Deve ser um momento único! Como se sentem, realmente?
Sim, sem dúvida. É um grande passo na nossa carreira como músicos o facto de poder partilhar um palco principal de um grande evento cultural com outros grandes artistas do panorama musical. Qualquer palco serve para nós, e poder pisar um palco que nos fará ter uma grande responsabilidade é uma enorme tarefa mas prometemos não deixar ninguém desiludido. Atitude e energia não faltarão!

E que outras apresentações ao vivo para promoção de Highway 19 estão a ser preparadas/agendadas?
Continuamos no mesmo processo de promoção do nosso EP. Vamos falando com as pessoas e divulgando pela internet. Chegámos à conclusão que por mais esforço e empenho que se tenha, tudo isto acaba por ser um processo natural de uma banda e também um resultado do seu produto. Claro que é preciso continuar com todo o empenho que se tem no início, talvez até mais porque a responsabilidade também aumenta, mas os concertos e eventos acabam por aparecer. Para já temos mais uma final de um concurso, WAF Fest, a final do Dolce Vita BandCasting em Lisboa, e a presença no Sons do Moinho - 1º Festival de Música Moderna em Penafiel.

Comentários